Feedback: ferramenta essencial para a evolução de empresas e carreiras

Feedback precisa ser sinônimo de motivação

Veja como vencer a tensão desse momento e estabelecer uma comunicação assertiva, contribuindo com o crescimento de seus colaboradores 

O termo “feedback” costuma carregar um peso enorme consigo, inclusive para quem tem a responsabilidade de avaliar o desempenho do outro. Mas, por mais pesada que esta carga seja, praticá-lo é essencial para a evolução de empresas e carreiras.

Todos precisamos de orientação para desempenhar tarefas com êxito, para compreender erros, saber se estamos agindo da maneira esperada ou para continuar evoluindo enquanto profissionais ou ainda nas relações pessoais.

A definição do termo em inglês significa justamente retroalimentar, ou seja, desenvolver uma fonte de estímulo. Assim, no contexto corporativo, o feedback precisa ser sinônimo de motivação.

Em entrevista recente, nossa consultora Fabiola Lencastre explica como palavras de incentivo podem mudar o comportamento da equipe. “O profissional ganha em autoestima, em produtividade e elogios são sempre bem-vindos”, afirma.

A importância do feedback é tamanha que muitas empresas perdem bons profissionais em função de feedbacks inadequados, ou pior, pela falta deles. Se você tem dificuldades para vencer a tensão desse momento, essas dicas podem ajudá-lo a estabelecer uma conversa eficiente e capaz de contribuir com o crescimento de seus colaboradores.

  • Comece pelo aspecto positivo
    Avaliar positivamente alguém ajuda a despertar os centros de recompensa do cérebro, ao contrário do feedback negativo que estimula mecanismos defensivos do ouvinte. A dica é: sugestione e não critique.
  • Crie um ambiente seguro
    O feedback deve ser feito “olho no olho”. Evite realizá-lo diante de outras pessoas. O momento do feedback por si só costuma ser tenso, por isso dispense espectadores.
  • Não deixe para depois
    Estudos comprovam que o cérebro humano reage melhor quando a situação ainda está fresca na cabeça. Por isso, pratique o feedback frequentemente.
  • Seja direto e firme
    Qualquer comentário, positivo ou negativo, deve ser direto. Sem fazer rodeios, construa o que você quer dizer com exemplos, segurança e muita calma. Já ser firme é diferente de ser arrogante. O objetivo de um feedback é que o ouvinte compreenda o que está sendo dito e possa evoluir a partir dessa troca.
  • Escute
    Após desempenhar a sua avaliação, escute o ponto de vista do outro. Questione o olhar do receptor a respeito da situação. Só então faça as suas considerações finais.