AgenciaBrasil060712DSC_4590

Em Campinas, quase 318 mil pessoas trabalham ou estudam em cidades vizinhas

Um estudo inédito realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que 7,4 milhões de brasileiros se deslocam até cidades vizinhas para trabalhar ou estudar. O levantamento foi baseado nos dados do Censo de 2010 e divulgado no final de março.

No arranjo populacional de Campinas, é 317.792 o número de pessoas que pegam estrada para trabalhar ou estudar. Em entrevista ao Band Cidade, nossa superintendente Fabiola Lencastre repercutiu esses dados e considerou otimista a dinâmica deste fluxo.

“As remunerações têm sido bastante atrativas a ponto de se comparar inclusive com as remunerações das capitais. A gente acaba tendo vagas aqui, em outras cidades e tendo uma correspondência de oportunidades”, avalia.

Os municípios que fazem parte do grupo de cidades de Campinas são Cosmópolis, Hortolândia, Monte Mor, Paulínia, Sumaré, Valinhos e Vinhedo. Segundo o IBGE, os arranjos populacionais – conceito que identifica grandes movimentações de pessoas entre duas ou mais cidades, com idas e voltas diárias – se formam principalmente por motivos econômicos, ou ainda por razões políticas.