blog_primeiro_emprego

Antes, durante e depois da entrevista de emprego: o que fazer e o que evitar em um processo de seleção

Uma mistura de medo, expectativa e ansiedade ou, no mínimo, um super frio na barriga. Além de muito comum, sentir insegurança diante de uma situação nova pode ser uma ótima razão para preparar-se e enfrentar o desconhecido da melhor maneira possível.

E se isso vale para momentos tão simples como as primeiras pedaladas de bicicleta, uma viagem a um destino nunca antes visitado ou uma mudança de casa, não é difícil entender por que o primeiro emprego traz tantas incertezas àqueles apenas começando o longo caminho que passarão a percorrer ao longo de toda a vida.

Nossos consultores dão dicas elementares (e preciosas) para você não apenas encarar o fantasma dos primeiros processos seletivos, como passar muito bem por eles. As orientações, aliás, valem para profissionais de todos os níveis.

Antes…

  • Pesquise sobre a empresa. Ainda que haja pouco tempo disponível entre a data do contato e da entrevista, é primordial que o candidato saiba ao menos o básico sobre a possível contratante. O site da empresa deverá oferecer informações úteis, mas uma pesquisa imparcial nos sites de busca também é recomendável.
  • Conheça bem seu currículo. Ok, você está buscando sua primeira oportunidade de trabalho e ainda não tem experiência comprovada. Ainda assim, o ideal é que tanto seus objetivos profissionais quanto suas principais habilidades estejam bem claras – para você mesmo e para quem estiver lendo seu currículo. Isso passará muito mais naturalidade à conversa, uma vez que o deixará mais seguro e pronto para as respostas.
  • Vista-se adequadamente. Parece óbvio, mas é bom lembrar: a primeira impressão é, sim, muito importante. Além disso, profissionais de RH sabem identificar diversas características pessoais por meio da observação de detalhes no cuidado (ou a falta dele) com a aparência. É claro que o segmento da empresa e o cargo para o qual você está concorrendo influenciam o tipo de roupa (mais ou menos social) que a ocasião pede, porém é muito importante escolher opções apropriadas para e estar atento aos cuidados básicos como unhas limpas e bem cortadas, barba bem feita e cabelos arrumados.

succeed-job-interview

Durante…

  • Atente-se à postura. Você já ouviu falar que “o corpo fala”? Se existe algo a que profissionais de recrutamento e seleção estão habituados é fazer a leitura da linguagem corporal. Insegurança, ansiedade ou mesmo desinteresse ou falta de paciência são facilmente identificáveis numa entrevista individual ou dinâmica de grupo por meio da observação da postura do candidato. Procure se preparar antes da entrevista para ter a convicção de que fará o seu melhor. Na hora, o segredo (e o desafio) é relaxar e, ao mesmo tempo, manter-se alerta. Foco e confiança são as palavras-chave!
  • Respeite a estrutura e ouça as perguntas com atenção. É totalmente compreensível que haja um certo nervosismo em ocasiões em que estamos sendo avaliados – especialmente quando esta é uma situação nova para nós. Ter a mente bombardeada por diversos pensamentos ao mesmo tempo e, conseqüentemente, perder o foco no interlocutor ou no que se passa ao redor também é normal, acredite. No caso de uma entrevista de emprego, contudo, tal circunstância pode colocar em risco suas chances de seguir adiante no processo seletivo. Desde o princípio, escute atentamente todas as informações passadas pelo entrevistador, assim como as perguntas feitas diretamente a você, respondendo, assim, apenas o que realmente lhe foi perguntado. Valorize a objetividade.
  • Dúvidas? Pergunte. Não há nada de errado em fazer questionamentos em uma entrevista de emprego. Seja sobre as funções relacionadas ao cargo oferecido ou sobre a empresa de modo geral, demonstrar interesse e entusiasmo é algo bastante positivo. Procure não ir embora sem respostas a suas interrogações.

Depois.

  • Agradeça e coloque-se à disposição. Ao final da entrevista, lembre-se sempre de agradecer a oportunidade de forma positiva. Se preferir, um e-mail simples e objetivo colocando-se à disposição para eventuais próximos passos no processo também é uma forma interessante de reforçar – delicadamente – que estará aguardando um retorno.